You are currently viewing Antecipação
Business executives discussing work at office. Closeup of coffee cup with blurred image of two businessmen sitting on table.

Antecipação

Hoje contar-vos uma história sobre o maior tombo que já dei a andar de bicicleta, doeu… nem imaginam! Mas já lá vamos… primeiro vou lançar-vos no tema de hoje… antecipação… criar antecipação.
Somos seres de conhecimento.

Queremos sempre saber mais.

Mas também gostamos de ser tentados a descobrir.

A antecipação é uma ferramenta muito poderosa na criação de interesse.

Para a utilizarmos com eficácia devemos dosear o que revelamos, criando uma pequena narrativa que suscita curiosidade e leva o nosso interlocutor a querer saber mais.

Os gatilhos podem ser apenas de linguagem, mas tornam-se mais poderosos quando se utiliza uma imagem, revelando uma ideia, a pouco e pouco.

Tal como num puzzle, fornecer algumas peças, sem revelar o todo, leva o interlocutor a querer descobrir mais, a quer envolver-se com a ideia e o conceito, para lhe dar um fim.

O interlocutor quer fazer parte da narrativa porque foi cativado por ela.

Dar pistas, revelar um pouco das partes, sem mostrar o todo, envolver o interlocutor no processo de descobrimento são estratégias muito utilizadas em diversos campos, da educação ao audiovisual, à psicologia e ao trabalho de equipa.

Tão simples como aprender a andar de bicicleta.
Mas há sempre uns tombos, não é? O meu maior tombo a andar de bicicleta foi… (pausa) Conto-vos noutro dia…